quarta-feira, 25 novembro 2020

Desaparecimento de adolescente na região causa comoção, familiares estão desesperados

O desaparecimento da estudante Rayane Paulino, de 16 anos, causa comoção na internet. A jovem foi para uma festa em um sítio no Bairro do Botujuru, em Mogi das Cruzes, na companhia de duas amigas, chegou a avisar os pais quando chegou lá, mas depois desapareceu.

Para as amigas, Rayane teria dito que precisava ir embora mais cedo e que o pai viria buscar, mas isso não aconteceu. O celular dela também está desligado. Ainda não se sabe se ela saiu do sítio sozinha ou acompanhada.

Desde a última segunda-feira (22), os pais espalharam vários cartazes na região e os amigos da jovem fazem um amplo apelo na internet por notícias da adolescente, mas até agora não tiveram nenhuma notícia. A mãe de Rayane, Marlene Maria Paulino Alves conta que a filha não tem namorado e que a menina sempre teve o costume de avisar onde e com quem estava.

“Como ela tem o hábito de sempre mandar uma mensagem, ligar para a gente, mas ela não mandou. Então por volta de umas 17h, eu comecei a ficar muito apreensiva, aí eu liguei para a minha filha e ela não atendeu”, relembra a mãe.

O caso é investigado pelo Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes, que já descartou a possibilidade de a jovem ter fugido, já que ela avisou aos pais para onde iria e não tinha dinheiro e roupas para ir embora, além de não ter problemas de relacionamento com a família.

Quem tiver informação sobre o caso pode ligar na Delegacia de Homicídios, no telefone 4721-1221. Para fazer denúncia anônima, o telefone é o 181.