quinta-feira, 3 dezembro 2020

Caso Rayane: o que já se sabe sobre o desaparecimento da adolescente de 16 anos

A delegacia seccional de Mogi das Cruzes comandada pelo delegado Jair Ortiz está juntando informações para chegar até o paradeiro da adolescente Rayane Paulino de 16 anos, desaparecida desde 20 de outubro após participar de uma festa em um sítio.

O que a Polícia já sabe sobre o desaparecimento:

– Rayane marcou um encontro com algum conhecido após a festa, ela não avisou amigas e familiares.

– Rayane telefonou para o 190 às 2:15 da manhã, no dia 21 de outubro. A chamada não foi completada, durou apenas 14 segundos.

– Rayane conversou com dois amigos pelo Whatsapp durante a madrugada do dia 21 de outubro, após já ter saído da festa.

– Rayane estava em um romance há pelo menos um mês.

– Rayane consumiu bebidas alcoólicas na festa.

– Antes de sair da festa, disse para as amigas que o pai a buscaria.

– Além da ligação feita ao 190, outras ligações também foram apagadas antes do celular ser abandonado.

– A última utilização do aparelho celular de Rayane foi no quilômetro 170 da Rodovia Presidente Dutra.

– A Polícia já tem suspeitos nesse caso. Pelo menos dois.

O caso.

A jovem Rayane Paulino, de 16 anos, foi para uma festa em um sítio no Bairro do Botujuru, em Mogi das Cruzes, na companhia de duas amigas no dia 20 de outubro. Ela chegou a avisar os pais quando chegou lá, mas depois desapareceu.

Para as amigas, Rayane teria dito que precisava ir embora mais cedo e que o pai viria buscar, mas isso não aconteceu.

Desde o dia 22 de outubro, os pais espalharam vários cartazes na região e os amigos da jovem fazem um amplo apelo na internet por notícias da adolescente, mas até agora não tiveram nenhuma notícia. Rayane sempre teve o costume de avisar onde e com quem estava.

O caso é investigado pelo Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes, que já descartou a possibilidade de a jovem ter fugido, já que ela avisou aos pais para onde iria e não tinha dinheiro e roupas para ir embora, além de não ter problemas de relacionamento com a família.

O delegado seccional de Mogi das Cruzes Jair Ortiz afirmou que a última ligação feita do celular da adolescente foi para o 190. O aparelho foi encontrado na última quinta-feira (25) na cidade de Jacareí, no Vale do Paraíba.

O delegado ainda disse que existem evidências que Rayane tenha encontrado um conhecido após sair do sítio em Mogi das Cruzes, onde participou de uma festa.

Quem tiver informação sobre o caso pode ligar na Delegacia de Homicídios, no telefone 4721-1221. Para fazer denúncia anônima, o telefone é o 181.