Multidão e emoção em Mogi das Cruzes: Rayane Paulino é enterrada

Uma multidão acompanhou na tarde dessa segunda-feira (28) o enterro da adolescente Rayane Paulino, de 16 anos, no Cemitério da Saudade, em Mogi das Cruzes.
O corpo da jovem foi encontrado no último domingo (27) em as margens da Rodovia Carvalho Pinto, em Guararema.

A mãe de Rayane, Marlene Maria Paulino Alves, reconheceu o corpo na manhã desta segunda por causa de uma tornozeleira e da cor do esmalte. Por conta disso, não foi necessário fazer o exame de DNA. Segundo o Instituto Médico Legal (IML), a causa da morte foi asfixia.

Rayane estava desaparecida desde a madrugada do dia 21 de outubro, quando saiu de uma festa, em um sítio de Mogi das Cruzes.

O médico legista do IML Zeno Morroni Júnior informou que ainda serão feitos os exames para identificar a causa da morte, o exame toxicológico e também outro para verificar se a jovem foi estuprada. Além disso, o cadarço que estava enrolado no pescoço da vítima foi retirado e encaminhado para a perícia criminalística.

(com informações do G1 – O site de notícias da Globo/TV Diário)