quarta-feira, 25 novembro 2020

Delegado Eduardo Boigues participou pessoalmente da prisão do assassino da menina Rayane

O delegado Eduardo Boigues de 42 anos, novo comandante do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) na região do Alto Tietê participou pessoalmente da prisão do segurança Michel Flor da Silva de 28 anos, assassino confesso da adolescente Rayane Paulino de 16 anos. A prisão ocorreu na última terça-feira (30).

Quando assumiu o cargo no dia 17 de outubro, Boigues disse que mandados de prisão não ficariam na gaveta e quem estiver sendo procurado que saísse da cidade de Mogi das Cruzes ou da região, porque todos seriam cumpridos. Um dia depois que o delegado assumiu o comando, a equipe do Garra prendeu sete foragidos.

Em sua página no Facebook, o delegado Eduardo Boigues comentou o caso na manhã dessa quarta-feira (31). Ele parabenizou o delegado seccional de Mogi das Cruzes Jair Ortiz, o delegado do setor de homicídios de Mogi das Cruzes Rubens José Ângelo e também todos os policiais que atuaram na investigação do caso. Disse ainda que a justiça foi feita e que Michel irá apodrecer na cadeia.