terça-feira, 14 julho 2020

Suzano terá um Hospital Público Veterinário

Suzano terá um Hospital Público Veterinário. Por meio da articulação do vereador Lisandro Frederico (PSD), R$ 1,050 milhão será destinado à causa animal em 2019. Deste montante, R$ 800 mil serão utilizados para a instalação de uma unidade de saúde veterinária. A conquista é resultado da união de oito parlamentares suzanenses, que apresentaram emendas impositivas, aprovadas pela Câmara Municipal. O recurso está garantido no Orçamento Municipal do próximo ano. Ele foi aprovado pelo Legislativo, durante sessão ordinária realizada nesta quarta-feira (28).

“Essa é uma das melhores notícias que Suzano poderia ter neste final de ano”, afirmou Lisandro. “Desde que assumi o mandato, buscava de várias formas os recursos necessários para a construção do hospital veterinário e, agora, com o apoio dos colegas vereadores que compreenderam meu pedido e a importância da causa animal, conseguimos”, destacou.

Lisandro garante que os R$ 800 mil são suficientes para a contratação de uma prestadora de serviço especializada que poderá passar a atender os animais da cidade. “Essa mesma estratégia de contratação de organizações sociais, com conhecimento técnico para o atendimento de um hospital veterinário, foi adotada em muitos municípios que visitei e onde o hospital veterinário já é uma realidade”, informou Lisandro.

Além dos R$ 800 mil, que garantem a construção do Hospital Público Veterinário de Suzano, os vereadores aprovaram mais R$ 250 mil de emendas impositivas a serem aplicadas na continuidade do programa de castração e de microchipagem de animais ao longo do próximo ano. Os serviços iniciaram neste ano, após recursos destinados por emendas de Lisandro ao orçamento de 2018.

O R$ 1,050 milhão destinado à causa animal representa menos de 1% do orçamento total do município de aproximadamente de R$ 800 milhões. “A causa animal mais do que precisa, ela merece atenção do Poder Público”, afirmou Lisandro.

DIREITOS DOS ANIMAIS

“O hospital veterinário chega para acabar ou diminuir drasticamente a situação caótica que vemos no dia a dia da cidade, com atropelamentos de animais e o risco de transmissão de doenças causadas pelos cães abandonados”, descreveu o vereador Lisandro. “Por meio do trabalho da Câmara Municipal, estamos fazendo com que Suzano passe a respeitar os direitos dos animais”, disse.

A partir da aprovação na Câmara Municipal, cabe agora a Prefeitura de Suzano executar as emendas impositivas. “Vamos cobrar que o processo de contratação seja feito de forma transparente e com celeridade. Os detalhes do atendimento serão apresentados conforme o andamento do projeto, mas a prioridade deverá ser os animais de rua e os cães e gatos de famílias com renda familiar de até três salários mínimos, como ocorre em outras cidades”, adiantou Lisandro.

Emendas impositivas que possibilitaram o hospital veterinário

Lisandro Frederico (PSD): R$ 200 mil

Edirlei Reis (PSD): R$ 126 mil

Carlão da Limpeza (PSDB): R$ 111 mil

Pacola (DEM): R$ 100 mil

Pastor Alceu (PRB): R$ 100 mil

Maizena Dunga Vans (PTB): R$ 100 mil

Denis (DEM): R$ 50 mil

Zé Lagoa (PMDB): R$ 12.276,00

Emendas impositivas para a castração e a microchipagem

Lisandro Frederico (PSD): R$ 200 mil

Rogério da Van (PRP): R$ 50 mil