quinta-feira, 22 outubro 2020

Funcionária pública que encontrou bebê abandonada em terreno baldio de Mogi das Cruzes quer adotar a criança

Uma funcionária pública que encontrou uma recém-nascida em um terreno baldio do bairro César de Souza em Mogi das Cruzes na noite do último sábado (05) quer adotar a criança.

Acompanhada de seu marido naquela noite, a funcionária pública foi alertada pelo seu filho sobre um choro de criança vindo de um terreno em frente da residência da família.
Após se aproximarem do terreno, eles visualizaram a bebê abandonada em meio ao lixo. Emocionados, imediatamente eles prestaram socorro.
A funcionária pública, inclusive, escolheu o nome da recém-nascida: Maria Cecília.

A bebê deu entrada na Santa Casa de Mogi das Cruzes pesando 2,5 quilos e 46 centímetros. Após passar por diversos exames, ela é cuidada desde então pela equipe do hospital.
Segundo o hospital, a recém-nascida foi diagnosticada com sífilis, mas, já está sendo tratada.

Lembre o Caso.

No último sábado (05) às 22:30, uma recém nascida foi encontrada abandonada dentro de um saco de lixo em um terreno baldio da Avenida Nilo Marcatto, no bairro César de Souza, em Mogi das Cruzes. A criança ainda estava com o cordão umbilical exposto e sujo de sangue.

A família que encontrou a bebê prestou os primeiros socorros e acionaram imediatamente uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que encaminhou a menina para a Santa Casa de Mogi das Cruzes.

O caso é investigado pela Polícia Civil, e a mãe da criança não foi identificada. O Conselho Tutelar de Mogi acompanha o caso.

(com informações do G1 – o site de notícias da Globo/TV Diário)