quarta-feira, 25 novembro 2020

Poá recebe show do cantor Zé Geraldo no dia 2 de fevereiro

O Teatro Municipal de Poá recebe no próximo dia 2 de fevereiro, às 21 horas, o cantor Zé Geraldo e banda, no show “Hey, Zé”. O evento é uma realização da Secretaria de Cultura e a retirada de ingressos pode ser feita gratuitamente, a partir da próxima terça-feira (22/1), no próprio teatro, das 10h às 16 horas. Mais informações podem ser obtidas nos telefones 4638-6338 e 4638-8804.

“Será um evento especial no nosso Teatro Municipal de Poá. Fizemos um planejamento e buscamos as melhores soluções para oferecer à população durante o ano de 2019 diversas atividades para que ela possa se divertir e ter momentos de descontração e o show do Zé Geraldo vai certamente lotar o teatro”, comentou o secretário de Cultura, Mário Sumirê.

De acordo com o prefeito de Poá, Gian Lopes, o objetivo do evento é proporcionar às famílias da cidade opções culturais e momentos de lazer. “Estamos aguardando a população para aproveitar este momento alegre e descontraído que será o show do cantor Zé Geraldo no Teatro Municipal”, disse o prefeito.

Nascido em Rodeiro, na Zona da Mata mineira, e criado em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, o cantor e compositor Zé Geraldo caiu na estrada cedo. Com 18 anos foi estudar e trabalhar em São Paulo, ainda com o sonho de se tornar jogador de futebol. Mas, um acidente automobilístico mudou o rumo de sua história e, com pouco mais de 20 anos, suas jogadas foram transformadas em versos e canções.

Por cerca de oito anos a vida do artista foi dividida entre os estudos, o trabalho e os palcos dos bailes da periferia paulistana nos finais de semana. Zé Gê, como era conhecido nos anos 70, lançou três compactos e um LP pela gravadora Rozemblitt. Mas, o rótulo romântico de Zé Gê não satisfazia sua alma de artista, desprovida de rótulos.

Entre 75 e 78 participou e foi premiado em inúmeros festivais até gravar, em 1979, seu primeiro disco como Zé Geraldo, “Terceiro Mundo” (CBS). Ainda pela CBS lançou “Estradas” (80) e “Zé Geraldo” (81). Canções como “Cidadão”, “Como diria Dylan” e “Senhorita”, indispensáveis no repertório de seus shows, fazem parte desta primeira safra de gravações, assim como “Rio Doce”, com a qual Zé Geraldo participou do Festival MPB-Shell de 1980, e “Milho aos Pombos”, que tornou o artista conhecido em todo o Brasil no mesmo festival promovido pela Rede Globo, em 1981.

Duas de suas músicas foram temas de novelas da Rede Globo: “Semente de Tudo” (Livre para Voar) e “São Sebastião do Rodeiro” (Paraíso). Com mais de 30 anos de carreira, Zé Geraldo tem 16 discos lançados, fora coletâneas e compactos.

Zé Geraldo já se apresentou algumas vezes nos Estados Unidos e Canadá, onde foi bem recebido por brasileiros e latinos. No Brasil, seus versos são cantados em uníssono por um público fiel, que acompanha seus shows em teatros, feiras, exposições e ginásios