Moradores da zona leste de São Paulo reclamam do provável fim da baldeação na Estação Guaianases da CPTM

Após o recente anúncio sobre o provável fim da baldeação entre trens da linha 11-Coral da CPTM na Estação Guaianases, moradores da zona leste de São Paulo reclamaram da informação nas redes sociais.

Em uma postagem sobre o assunto na página “Cid. Tiradentes” na rede social Facebook, a maioria dos comentários dos seguidores foi sobre a lotação dos trens que já virão direto da região de Suzano com o fim da baldeação.

Na página “Aconteceu na Zona Leste Agora SP” na rede social Facebook, a repercussão sobre o fim da baldeação foi negativa.

Reunião entre o Deputado Federal eleito Marco Bertaiolli (PSD) e o secretário estadual de Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy sobre o fim da baldeação em Guaianases

No dia 17 de janeiro, o deputado federal eleito Marco Bertaiolli (PSD) se reuniu, com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy. Durante o encontro, o secretário informou que já estão sendo adotados os procedimentos para o fim da baldeação na estação Guaianases. A reunião aconteceu em São Paulo e também contou com a participação do prefeito de Mogi das Cruzes Marcus Melo (PSDB) e do presidente da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, Sadao Sakai (PR).

Na ocasião, o secretário reforçou que o Governo do Estado já realizou estudos e análises para que o Expresso Leste possa chegar até a cidade de Mogi das Cruzes (cidade onde Marco Bertaiolli já foi prefeito) em todos os horários.
Não houve ao certo confirmação do secretário se no primeiro momento após o fim da baldeação na Estação Guaianases se os trens irão direto até Mogi das Cruzes ou apenas até a Estação Suzano como relatam as fontes do SuzanoHoje.com
Entre as estações Estudantes e Guaianases, circulam cerca de 220 mil pessoas por dia útil.

“É compromisso do governador João Dória melhorar o transporte público em toda a Região Metropolitana e é nossa prioridade fazer que o Expresso Leste una toda a linha e saia do papel definitivamente este ano. Já estamos com todos os estudos e todas as análises prontas para que possamos ir para o campo da realização”, afirmou o secretário estadual de transporte.