Bombeiros confirmam que há pelo menos 200 desaparecidos após rompimento de barragem em Minas Gerais

O Corpo de Bombeiros confirma o desaparecimento de pelo menos 200 pessoas após o rompimento da barragem em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Rejeitos de lama atingiu a cidade na tarde desta sexta-feira (25).

A barragem da Mina Feijão, administrada pela Vale, atingiu a cidade de Brumadinho e causou destruição. Aeronaves do Corpo de Bombeiros, Exército e Polícias Civil e Militar foram encaminhadas ao local para resgate e atendimento das vítimas.

A Vale do Rio Doce, empresa responsável pela barragem, divulgou nota sobre o caso. “As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, informou a empresa.

Segundo a empresa, a prioridade é “preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade”. O comunicado não explica a causa do rompimento.

(com informações da Empresa Brasil de Comunicação)