terça-feira, 24 novembro 2020

“Movimento separatista” quer transformar a cidade de São Caetano do Sul no ABC Paulista em um país

Na tarde desta segunda-feira (28), uma página criada na rede social Facebook chamou muito a atenção de moradores da cidade de São Caetano do Sul, do ABC Paulista e até de bairros da cidade de São Paulo.

O “Movimento Separatista de São Caetano do Sul – MSSCS” deixou bem claro em sua página criada na rede social Facebook, suas intenções.
Em uma publicação, o MSSCS, diz que acredita que a cidade São Caetano do Sul pode se tornar autônoma e independente do Brasil e que em meio aos tempos de crise, o movimento tem esperança de que o município possa se tornar uma “nação” próspera e independente.

A página ainda forneceu dados aos seus seguidores, para tentar dar alguma “credibilidade” para a ideia, por exemplo, que a população do novo “país” São Caetano do Sul, 149 mil habitantes, seria maior do que a população de países como Andorra, Liechtenstein e San Marino, que o Índice de Desenvolvimento Humano (0,862) da cidade é semelhante ao de países como Grécia, Estônia, Chipre, Qatar, Polônia e Argentina e que o Produto Interno Bruto seria maior do que o de países como Islândia e Montenegro.

Após seis horas da criação de sua página na rede social Facebook, a página do “Movimento Separatista de São Caetano do Sul – MSSCS” tem cerca de 220 seguidores. Em seu último post, os administradores da página se mostraram orgulho por conquistar apoiadores para a “causa” e ainda ironizaram os comentários contendo “piadas, deboche e escarnio”.

O SuzanoHoje.com tentou contato com a Prefeitura de São Caetano do Sul sobre o assunto, mas, não recebemos nenhum retorno.