quinta-feira, 29 outubro 2020

Poá cadastra instituições, ONGs e movimentos que atuem na defesa da mulher

A Secretaria da Mulher de Poá realiza até 11 de março o cadastro de instituições, ONGs e movimentos que atuem na defesa de mulheres. A responsável pela pasta, Jeruza Reis, explicou que o objetivo da ação é criar um banco de dados com instituições que poderão participar de futuras ações e projetos.

“Estamos considerando a necessidade de trabalhar com agentes multiplicadores de direitos em defesa das mulheres, bem como criar um banco de dados com diversas instituições que poderão ser nossas aliadas e contribuir na construção de políticas públicas que necessitem da participação popular segmentada”, explicou Jeruza Reis.

O cadastro pode ser feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas, na Secretaria da Mulher (Rua Fernando Pinheiro Franco, 141, Centro), mediante apresentação dos documentos exigidos (requerimento e formulário preenchidos e assinados, plano de trabalho, programa no eixo mulher, documentos constitutivos e relação da diretoria).

De acordo com a Portaria SM nº 1, de 8 de fevereiro de 2019, o intuito do cadastro também visa construir a igualdade entre mulheres e homens, enfrentando as desigualdades de gênero em todas as suas expressões; promover a autonomia e o empoderamento das mulheres, em todas as fases e dimensões da vida; e fomentar a participação política das mulheres nos espaços de poder.

Mais informações sobre o cadastro de instituições, ONGs e movimentos que atuem na defesa de mulheres podem ser obtidas no telefone: (11) 4639-2044.