quinta-feira, 29 outubro 2020

Homem é preso em Mogi das Cruzes por suspeita de estuprar irmã de 15 anos. Denúncia foi feita pelos próprios pais

Nesta terça-feira (26), um homem de 26 anos foi preso em flagrante sob suspeita de estuprar a irmã de 15 anos, em Mogi das Cruzes.
A Polícia foi chamada pelos pais da vítima e do acusado.

Segundo as informações da Polícia, a vítima estava dormindo quando percebeu que havia alguém tocando suas partes íntimas. Ela acordou, viu que era o irmão e que seu short dela estava aberto.

De acordo com a delegada Valene Bezerra, da Delegacia da Mulher de Mogi das Cruzes, a vítima contou que perguntou ao suspeito o que ele queria, e ele disse que procurava um celular, que na verdade não existe.

Ainda segundo a delegada, o suspeito usa remédio controlado. Os pais resolveram chamar a polícia porque não é a primeira reclamação do tipo contra o suspeito e por temerem que algo pior aconteça.

“Já existe a reclamação de outra irmã de que ele olhava ela tomar banho, e também de dois irmãos pequenos que dormem no mesmo quarto que ele, de já terem visto ele se masturbando”, conta a delegada.

Na delegacia, segundo Valene, o suspeito voltou a alegar que estava procurando um celular. Ele foi preso em flagrante por estupro de vulnerável.

O caso é considerado estupro porque pela Lei 12.015, de 2009, qualquer ato com sentido sexual praticado com alguém sem seu consentimento, até mesmo um toque íntimo, é considerado estupro pela lei.

(com informações do G1 – O site de notícias da Globo/TV Diário)