segunda-feira, 26 outubro 2020

Sabesp poderá abrir válvulas de represa na manhã desta quinta-feira (28) e bairros de Suzano poderão ficar alagados

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) comunicou há pouco a Defesa Civil de Suzano sobre a possibilidade da abertura de válvulas de escoamento de água da Represa de Taiaçupeba na manhã desta quinta-feira (28). A ação será acompanhada por engenheiros da Companhia, para evitar o alagamento de diversos bairros de Suzano.

A informação foi passada com exclusividade ao site SuzanoHoje.com pelo vereador suzanense Lisandro Frederico (PSD). Segundo o parlamentar, a Defesa Civil Municipal pediu suspensão da sessão ordinária dos vereadores para comunicar sobre a ação da Sabesp, na noite desta quarta-feira (27) na Câmara.

Segundo Lisandro, imediatamente sete vereadores apresentaram em urgência uma moção de apelo pela Câmara, solicitando que a Sabesp tenha um planejamento melhor sobre essas ações. No mesmo documento, há um questionamento dos vereadores a Companhia devido a falta de aviso sobre a ação durante a visita de parlamentares a Represa realizada há cerca de um mês.

Segundo informações repassadas pelo vereador Lisandro, a Defesa Civil afirmou que uma provável abertura das válvulas da Represa de Taiaçupeba poderá escoar 300 litros de água por segundo e 18 mil litros de água por minuto. A água escoada, seguirá pelo Jardim Maitê (ao lado da válvula da Represa) e prossegue pela lei da gravidade até o Parque Maria Helena, despejando no Rio Tietê.

O volume alto do Rio Tietê é o que preocupa os engenheiros, já que em 2010 a água teve dificuldade pra escoar, ocasionando enchentes na região percorrida.

Se ocorrer, as enchentes poderão atingir os bairros Jardim Maitê, Vila Urupês, Vila Amorim, Centro, Jardim Natal, Jardim Belém, Parque Maria Helena, Vila Maluf, Jardim Colorado e outros.

Os engenheiros da Sabesp e da Defesa Civil de Suzano vão acompanhar a ação.
Nós tentamos contato com a Sabesp e com a Defesa Civil, até o fechamento da matéria não recebemos retorno sobre o caso.
Segundo o vereador Lisandro Frederico, qualquer alargamento nesse período deve ser comunicado a Defesa Civil de Suzano pelo telefone (11) 4748-5394