quinta-feira, 29 outubro 2020

Blogueira Alessandra Strutzel revolta internautas ao “comemorar” morte do neto do ex-presidente Lula: “Boa notícia”

A frase publicada por uma blogueira e YouTuber causou revolta nas redes sociais, nesta sexta-feira (01). Alessandra Strutzel definiu a notícia da morte do neto do ex-presidente Lula como uma “boa notícia”.

“Pelo menos uma notícia boa”, escreveu a blogueira em um texto que acompanhava emojis de coração. A reação dos internautas foi imediata. Eles invadiram o perfil de Alessandra, que apagou o post e depois a conta.

Alguns internautas chegaram a confrontá-la nos comentários e compartilharam o print de um trecho da conversa. “Qual é a notícia boa?”, questiona a internauta. A blogueira responde: “Um filho da pu** a menos kkkkk”.

“Acho que você não entendeu. Quem morreu foi o neto, uma criança de 7 anos”, rebate a internauta. e a blogueira continua: “Entendi sim. Pensa, iria cresce com exemplo do avô, um filha da pu** a menos para roubar nosso país”.

Após a repercussão da declaração Alessandra Strutzel publicou um pedido um de desculpas, e disse que queria sentir a reação das pessoas com a publicação.

“Espero que me desculpem. Quero que todos saibam que eu jamais iria comemorar a morte de uma pessoa, muito menos a morte de uma criança. Com a postagem que fiz, eu só queria saber como as pessoas reagiriam, mas agora eu sei que fiz isso de uma forma muito infeliz. Fico contente que a reação tenha sido negativa, porque isso mostra que as pessoas não perderam a sensibilidade. Mas fico triste porque mesmo as pessoas que me conhecem tenham achado de verdade que eu seria capaz de um mal sentimento”, postou Alessandra.

Neto do ex-presidente Lula morreu de meningite meningocócica aos 7 anos

Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, morreu no início da tarde desta sexta-feira (01). O Hospital Bartira, do grupo D’Or, em Santo André (Grande São Paulo), informou que a criança foi diagnosticada com meningite meningocócica e não resistiu, devido ao agravamento do quadro infeccioso. Arthur era filho Marlene Araújo Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva, filho da ex-primeira-dama Marisa Letícia (que faleceu em fevereiro de 2017) e do ex-presidente Lula, preso desde abril de 2018 na carceragem da sede da Polícia Federal em Curitiba (PR).

A meningite meningocócica é uma infecção causada pela bactéria Neisseria meningitidis. Esta bactéria pode causar inflamação nas meninges, membranas que revestem o sistema nervoso central, e infecção generalizada. As meningites bacterianas são as mais graves do ponto de vista clínico.

Ex-presidente sairá da cadeia para participar de velório do Neto

A Justiça Federal atendeu o pedido da defesa e autorizou o ex-presidente Lula ao velório do neto. Por uma questão de segurança, os detalhes do deslocamento do ex-presidente – que está preso em Curitiba em uma sala especial da Polícia Federal – serão mantidos em sigilo. O pedido foi protocolado na 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba. A Lei de Execução Penal, no artigo 120, prevê que presos em regime fechado, semiaberto ou provisórios podem obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta, no caso de falecimento de cônjuge, companheiros, ascendentes, descendentes ou irmãos. Horas depois, o Governo do Estado do Paraná confirmou que, a pedido da Polícia Federal, irá ceder um avião para Lula possa comparecer ao velório, previsto para ocorrer neste sábado, 2 de março. O Ministério Público Federal deu parecer favorável à saída temporária de Lula.