terça-feira, 1 dezembro 2020

Mulher de 36 anos sofre tentativa de estupro próximo ao Jardim Ikeda em Suzano

Uma mulher de 36 anos, relatou em seu perfil no Facebook um caso de violência que ela foi vítima na tarde da última quinta-feira (28) no limite dos bairros Jardim Planalto e Jardim Ikeda em Suzano.

Gilmara Oliveira disse que estava vindo a pé da região conhecida como “Centro de Palmeiras” e tinha como destino sua residência localizada no bairro Jardim Ikeda, quando resolveu cortar caminho pelo Jardim Planalto.
Andando distraída, a mulher foi surpreendida ao ser abordada por um motociclista e arrastada para uma área de mata, paralela a via por onde ela vinha caminhando.

Em seu relato, Gilmara disse que o homem não tirou o capacete por nenhum momento enquanto tentava estrupa-lá. Ela lutou com o criminoso e conseguiu sair da área de mata, voltando a via, em seguida, um motorista que passava pelo local parou para ajuda-lá.

A mulher foi socorrida a um hospital e em seguida fez um Boletim de Ocorrência sobre o caso.
Ela não lembra do rosto do criminoso, pois, o capacete do homem impedia que ela visse o rosto dele.

Veja abaixo o relato completo feito por Gilmara em seu perfil no facebook.

“Bom dia.
Bom, foi difícil eu decidir me expor pela situação que passei ontem, mas, hoje pensei bem e falei. Tenho que falar para alertar a mulherada.
Ontem a tarde, eu estava vindo de Palmeiras a pé para o Ikeda, e decidi corta caminho pelo Planalto, que faz divisa com o Ikeda. O Planalto é meio deserto, e estava eu andando distraída.
Um rapaz de moto me abordou e me arrasto para o mato. Piores minutos da minha vida. A todo momento ele fico de capacete, por isso não deu para ver o rosto dele, lutei com ele até que consegui me sai.
Na hora passou um rapaz de carro preto, que me ajudou, um anjo enviado por Deus (que também não lembro o rosto), era tanto desespero que sai correndo.
Fui na delegacia, abri B.O e passei o resto da tarde no hospital.
Então, ta aí amigas, um alerta! Muito cuidado ao passar naquele lugar.”