sexta-feira, 27 novembro 2020

Desfiles do Carnaval de Mogi das Cruzes acontecem neste domingo (03), na Avenida Cívica

Neste domingo (03), a Avenida Cívica será palco para os desfiles do Carnaval Mogi das Cruzes 2019. Após dois anos sem a festividade, a Prefeitura retomará o evento, com um dia de apresentações carnavalescas e a participação de cinco escolas de samba. A festa começa às 19h20 e o último desfile está previsto para começar à meia-noite. Haverá premiação de R$ 8 mil para a escola campeã do Grupo Especial e R$ 2 mil para a vencedora no Grupo de Acesso.

A estrutura montada na Avenida Cívica para o público espectador será menor, sem camarotes e arquibancadas, porém as pessoas poderão assistir aos desfiles gratuitamente. Já a estrutura no que se refere à segurança seguirá o padrão das últimas edições realizadas na cidade, com um grande efetivo de profissionais e agentes de segurança em regime de plantão, para garantir a tranquilidade da festa como um todo.

O aparato de segurança contará com profissionais como guardas municipais, agentes de fiscalização de Posturas, policiais civis e militares, bombeiros, brigadistas e também seguranças particulares. Não será permitida a entrada no perímetro da festa com bebidas alcoólicas e a venda de bebidas e alimentos será feita por empreendedores de rua cadastrados na Prefeitura. Também estará vetada a comercialização de bebidas em latas de alumínio e garrafas de vidro.

A Avenida Cívica estará interditada e o estacionamento de veículos poderá ser feito na avenida Professor Ismael Alves dos Santos e outras vias das imediações. Na rua Masuzo Naniwa, só será permitido o trânsito local. Haverá bloqueios e revista nas entradas da Avenida Cívica, também com vistas à segurança de todos os presentes. Já as escolas de samba obrigatoriamente entrarão a partir da avenida Professor Ismael Alves dos Santos.

Os desfiles terão início às 19h20, com a apresentação do Bloco 60 Mais, que existe desde 2013 e é voltado para pessoas da terceira idade e seus familiares, buscando resgatar o clima dos antigos carnavais, ao som de marchinhas e sambas antigos.

Já a partir das 20 horas, começam os desfiles, com a apresentação das escolas Acadêmicos da Fiel, Unidos do Sales, Unidos da Vila Industrial, Estação 1ª de Braz Cubas e Acadêmicos do São João. Veja abaixo o enredo de cada uma delas:

Acadêmicos da Fiel (desfile às 20h) – Criada em 1996, a agremiação trará para a avenida o enredo “Reconstrução: Recomeçar é necessário, reconstruir é preciso”, abordando diversas passagens e personagens históricos, que de alguma forma passaram por transformações.

Unidos do Sales (desfile às 21h) – A tradicional escola de samba do Jardim Camila vai falar neste ano sobre as festas brasileiras, convidando o público a uma viagem por diversos estados do Brasil.

Unidos da Vila Industrial (desfile às 22h) – Vencedora do último Carnaval da cidade, no ano de 2016, a agremiação trará para a passarela o enredo “Yggdrasil – e a lenda do quinto dia”. O termo Yggdrasil é da mitologia nórdica e se refere à árvore que sustenta o firmamento e os nove reinos. Já o “quinto dia” refere-se ao Livro do Genesis, que aborda a criação do universo.

Estação 1ª de Braz Cubas (desfile às 23h) – A escola de Braz Cubas traz como enredo “Epahey Oyá, Deusa de Nigéria, Salve Yansã a Divindidade Negra…”, uma homenagem à orixá tida como divindade dentro da cultura de matrizes africanas.

Acadêmicos do São João (desfile à meia-noite) – Agremiação mais antiga em atividade na cidade (desde 1972), a São João fará um resgate de sua própria história, com o enredo “Em verde de rosa lembrando os velhos Carnavais”.

O evento de apuração das notas, que culmina com o anúncio da vencedora do Carnaval será na próxima segunda-feira (04), a partir das 10 horas, no Tiro de Guerra.

Ônibus

Após o término dos desfiles, os foliões terão à disposição uma operação especial do sistema de transporte coletivo. Ao todo, 11 linhas terão reforço na madrugada: E102 (Jardim Pavão), E103 (Jundiapeba), E111 (Jardim Layr), E203 (Conjunto Santo Ângelo), E303 (Conjunto São Sebastião), C201 (Jardim Ivete), E392 (Manoel Ferreira), E394 (Taiacupeba), C405 (Residencial Cocuera), C501 (Cezar de Souza) e C692 (Sabaúna).

As linhas também poderão atender a outros bairros que ficam localizados nos seus corredores. Além disso, quatro ônibus reservas ficarão à disposição para necessidades de atendimento que surgirem.