terça-feira, 24 novembro 2020

Poá é a segunda cidade com mais homens traídos no Brasil, atrás apenas de Suzano? É verdade ou mentira?

Uma “notícia” tem circulado nas redes sociais na última semana, e tem “surpreendido” muita gente na região. O título da “matéria” diz que “Segundo IBGE, Poá surpreende e vira a segunda cidade com mais cornos no Brasil, atrás apenas de Suzano”.

A página que divulgou a informação teve mais de 70 mil compartilhamentos.

O site SuzanoHoje.com conferiu a informação para confirmar sua veracidade.
É obvio que o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nunca fez um levantamento para descobrir a cidade que possuí o maior número de homens traídos no Brasil, logo, somente isso já serviria para determinar que a notícia divulgada é falsa.

Além disso, o site que divulgou a “informação” (www.react2424.com) é um site criado para enganar as pessoas com “notícias falsas”, criadas por seus próprios usuários. As pessoas podem acessar esse site, escrevendo o que quiser e criando suas “notícias” reais ou falsas.

Logo, a notícia divulgada e amplamente repercutida em Poá, Suzano e na região é totalmente falsa.

Qual são as cidades com o maior número de homens traídos no Brasil?

O Brasil é um dos países com o maior índice de traição, as informações são do site Ashley Madison, site para encontros extraconjugais. O site tem mais de 54 milhões de membros em todo o mundo, em 2017, o país teve uma média de 138 inscrições mensais no portal eletrônico.

De acordo com um relatório divulgado pela rede social, o Brasil foi o segundo país com mais usuários inscritos na plataforma em 2017, perdendo apenas para os Estados Unidos. O dia de mais acesso foi a segunda-feira, quando os brasileiros buscaram uma aventura com outro parceiro sexual.

No Brasil, segundo a rede de relacionamentos, cerca de 139 mil novos membros foram cadastrados por mês no ano passado, totalizando mais de 1,5 milhão de pessoas. No cenário geral, a plataforma passou a alcançar 191 mil usuários diários trocando mensagens e 1,4 milhão de novas conexões feitas mensalmente.

Confira as 15 cidades onde os casos de infidelidade são maiores. Quem será que trai mais, o homem ou a mulher? Para chegar a essa conclusão, houve um mapeamento apenas das pessoas que acessam ativamente a conta online, ou seja, que usam o aplicativo com frequência.

1º – Blumenau (Santa Catarina)

Homens infiéis: 56,3%

Mulheres infiéis: 20,9%

2º – Florianópolis (Santa Catarina)

Homens infiéis: 56,3%

Mulheres infiéis: 20,9%

3º Gramado (Rio Grande do Sul)

Homens infiéis: 59,9%

Mulheres infiéis:31,7%

4º – Curitiba (Paraná)

Homens infiéis: 42,8%

Mulheres infiéis: 19,3%

5º – São Paulo (São Paulo)

Homens infiéis: 44,2%

Mulheres infiéis: 24,1%

6º – Recife (Pernambuco)

Homens infiéis: 49,2%

Mulheres infiéis: 26,5%

7º – Natal (Rio Grande do Norte)

Homens infiéis: 51,8%

Mulheres infiéis: 30,2%

8º – Belo Horizonte (Minas Gerais)

Homens infiéis: 52,2%

Mulheres infiéis: 28,8%

9º – Balneário Camboriú (Santa Catarina)

Homens infiéis: 56,3%

Mulheres infiéis: 20,9%

10º – Brasília (Distrito Federal)

Homens infiéis: 59,8%

Mulheres infiéis: 27,7%

11º – Porto Alegre (Rio Grande do Sul)

Homens infiéis: 59,9%

Mulheres infiéis: 31,7%

12º- Fortaleza (Ceará)

Homens infiéis: 61,1%

Mulheres infiéis: 26,7%

13º – Belém (Pará)

Homens infiéis: 62,1%

Mulheres infiéis: 20,3%

14º – Salvador (Bahia)

Homens infiéis: 64%

Mulheres infiéis: 25,2%

15º – Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)

Homens infiéis: 56,7%

Mulheres infiéis: 64%