Os corpos de Guilherme Taucci Monteiro de 17 anos e de Luiz Henrique de Castro de 25 anos, assassinos do Massacre da Escola Estadual Professor Raul Brasil em Suzano, foram enterrados no início da tarde desta quinta-feira (14) em cemitérios da cidade.

O corpo de Guilherme foi enterrado no Cemitério São João Batista, em Suzano, com a presença mãe dele e mais sete pessoas da família.

Não houve cerimônia de velório. O caixão chegou e foi direto para a cova que já estava aberta. Um forte esquema de segurança com a presença da Polícia Militar, Polícia Civil e da Guarda Municipal de Suzano permitiu a privacidade da família e manteve a imprensa fora do cemitério.Corpo de Guilherme Taucci Monteiro é enterrado em Suzano — Foto: Gabriela Gonçalves/G1O corpo de Luiz foi sepultado por volta de 12h30 no cemitério municipal São Sebastião, após uma breve cerimônia na capela, que durou menos de 10 minutos, e contou com a presença de cerca de 20 pessoas.

Segundo Américo Castro, tio do jovem, a mãe de Luiz está muito abalada e não conseguiu participar do enterro.

“Não fizemos um velório em respeito às famílias das outras vítimas. A gente respeita a dor dos pais e mães daquelas famílias e é por isso que estou dando esse depoimento. Meu irmão e minha cunhada estão sem condições de falar”, afirmou.Corpo de Luiz Henrique de Castro é enterrado no Cemitério São Sebastião, em Suzano — Foto: Marina Pinhoni/G1(Com informações do G1 – o site de notícias da Globo)

COMPARTILHAR