O tio de Luiz Henrique de Castro, um dos autores do ataque na escola de Suzano, afirmou nesta quinta-feira (14), que gostaria de pedir perdão às famílias das vítimas.

“Quero pedir perdão público para os pais daquelas crianças. Eu não sei o que aconteceu com o menino. Em nome da família Castro eu peço perdão. Nós também somos vítimas”, afirmou Américo Castro, de 69 anos.

O tio afirma que a família não percebeu nenhum comportamento diferente do jovem.
“Era um menino normal, comum. Nós da família estamos muito chocados. Esse não era o Luiz que a gente conhecia.”Resultado de imagem para Luiz Henrique de Castro(Com informações do site G1 – o site de notícias da Globo)

COMPARTILHAR