Terceiro suspeito de participação na Tragédia da Escola Raul Brasil é apreendido nesta terça-feira (19)

Na manhã desta terça-feira (19), um adolescente de 17 anos, apontado como terceiro suspeito de participação no Massacre da Escola Raul Brasil em Suzano foi apreendido, será ouvido pelo Juizado da Criança e do Adolescente e em seguida será levado a Fundação Casa.

Um mandado de busca e apreensão com internação provisória do menor havia sido expedido pela justiça nas últimas horas, participaram da operação para a apreensão do adolescente o Delegado Titular da Delegacia de Polícia Central de Suzano Alexandre Henrique Augusto Dias, o Delegado Assistente da Delegacia de Polícia Central de Suzano Lourival Zacarias de Noronha e o Assistente na Delegacia Seccional de Polícia de Mogi das Cruzes Jaime Pimentel Júnior.

A investigação conseguiu recuperar mensagens trocadas pelo adolescente com Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro, que dão indícios claros da participação do jovem na organização do crime, inclusive, ele teria comprado uma das machadinhas utilizadas no massacre junto com um dos atiradores.