Na própria Prefeitura, aliados de Ashiuchi querem que Katia Sastre seja candidata no lugar do atual prefeito em 2020

O site SuzanoHoje.com apurou junto fontes de dentro da Prefeitura de Suzano que existe um movimento silencioso de alguns aliados de Rodrigo Ashiuchi (PR) para que o atual prefeito não seja o candidato do Partido da Republica à Prefeitura em 2020 e que a atual Deputada Federal Policial Kátia Sastre (PR) seja a indicada para a missão pela sigla.

A péssima avaliação de Ashiuchi perante a população suzanense e as polêmicas que o atual governo se envolveu desnecessariamente nos últimos meses foram a “gota d’água” para o início do movimento silencioso dentro do PR de Suzano.
Dois secretários do próprio governo de Ashiuchi (e do mesmo partido do prefeito) que começaram o movimento em conversas reservadas com outros membros do governo.

Alguns membros do diretório de Suzano de outro partido, o PDT, partido do atual vice-prefeito de Suzano e ex-vereador Walmir Pinto também teriam sido consultados sobre o apoio a uma candidatura de Kátia Sastre a Prefeitura, e concordam que a má avaliação de Ashiuchi poderá tirar o grupo da Prefeitura na eleição de 2020 e que alguma atitude precisa ser tomada.

Katia da Silva Sastre ficou conhecida nacionalmente em maio de 2018 após reagir a uma tentativa de assalto na porta de uma colégio de em Suzano. Policial, Katia estava de folga e participava de um evento do dia das mães no colégio junto com a sua filha, quando o bandido tentou assaltar o local. Katia atirou no peito do assaltante que, apesar de socorrido, não resistiu ao ferimento.

Nas eleições de 2018, Sastre foi eleita deputada federal por São Paulo, recebendo mais de 264 mil votos.
Atualmente, a Deputada Federal é bem avaliada em Suzano, inclusive, em visita recente a Prefeitura de Suzano, ela anunciou a abertura de cadastro do município junto ao Sistema de Convênio do Governo Federal (Siconv), do Ministério do Desenvolvimento Regional, para obras de infraestrutura. Com isso, a cidade estará apta a receber R$ 1,8 milhão ainda neste semestre.