segunda-feira, 23 novembro 2020

Ministro da Educação se encontrará com Ashiuchi e quer que Escola Raul Brasil seja do modelo Cívico-Militar em breve

O Ministro da Educação Ricardo Vélez-Rodriguez informou através das redes sociais nesta sexta-feira (22) um plano para transformar o modelo da Escola Estadual Professor Raul Brasil em Cívico-Militar em breve.

Vélez disse que se encontrará com o prefeito de Suzano Rodrigo Ashiuchi (PR) na próxima segunda-feira (25) para estudar a viabilidade do plano.
Na mesmo publicação, o Ministro também informou que o Ministério da Educação antecipou o repasse anual do PDDE (Programa Dinheiro Direto na Escola) para a escola.
Todos os anos, os repasses são feitos em duas parcelas, uma delas efetivada até 30 de abril e a segunda, até 30 de setembro.

Escolas cívico-militares
As escolas cívico-militares contam com uma gestão compartilhada entre sociedade civil e militares. Atualmente, são cerca de 120 escolas em 17 estados do país com o modelo, a maior parte em Goiás, com 50 estabelecimentos de ensino, de acordo com levantamento da Polícia Militar do Distrito Federal (DF).

Aumentar o número de escolas cívico-militares no país é uma das prioridades do MEC, que passou a contar com uma Subsecretaria de Fomento às Escolas Cívico-Militares. O MEC ainda não apresentou um proposta detalhada de como será feito o fomento.

No início do ano, a pasta informou que o modelo de escola “contará com a participação de vários segmentos da sociedade. Cada ente envolvido, dentro de sua esfera de competência, terá importância fundamental para a construção de um Brasil melhor. Essas unidades de ensino serão voltadas para as famílias que concordam com essa proposta educacional”. Para ser implementado, o modelo precisa da participação de estados e municípios.