Prefeitura de Suzano confirma reajuste salarial “pífio” de 4,12% para servidores públicos

Em uma negociação que mais parece complô com motivações políticas, a Prefeitura de Suzano e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais chegaram a um acordo sobre o reajuste salarial para os funcionários da administração municipal a partir deste mês de março. Ficou definido que será concedido um índice “pífio” de 4,12% sobre os vencimentos, além de aumento mínimo nos valores da cesta básica e do vale-alimentação.

O encontro foi realizado no Paço Municipal e contou com a participação do prefeito Rodrigo Ashiuchi, da secretária de Administração, Cíntia Renata Lira, do secretário de Assuntos Jurídicos, Renato Swensson, e do chefe de Gabinete, Afrânio Evaristo da Silva. Como representantes da entidade sindical, compareceram o presidente Claudio Aparecido dos Santos e os diretores Carlos Amaro Alves Costa e José Petrônio.

A reunião concluiu a rodada de negociações da campanha salarial 2019-2020, com o reajuste de 4,12% (menor que em 2018, que foi de 4,75%) nos vencimentos dos funcionários públicos concursados e aumento da cesta básica de R$ 155,00 para R$ 175,00 e do vale-alimentação de R$ 295,00 para R$ 325,00. Os valores serão pagos retroativamente em abril, levando em consideração o dissídio da categoria marcado para o mês de março, e integrarão os rendimentos dos servidores.

Além do reajuste salarial, as negociações também trataram da efetivação de adicionais de insalubridade a agentes de trânsito e da mudança de nomenclatura do cargo de intérprete de Linguagem Brasileira de Sinais (Libras).