segunda-feira, 23 novembro 2020

Prefeitura de Suzano diz que Estrada da Duchen receberá melhorias em toda a sua infraestrutura pelo Governo do Estado

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, recebeu a confirmação de que o Governo do Estado de São Paulo fará a reconstrução da Estrada da Duchen, na região da Vila Ipelândia, distrito de Palmeiras. A novidade foi compartilhada pelo superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Paulo Cesar Tagliavini, na sede do órgão, na capital paulista.

Com cerca de sete quilômetros de extensão, a vicinal, que começa e termina na Estrada Keida Harada, ligando bairros como Vila Ipelândia, Recreio Santa Rita, Chácara Recreio Internacional e Chácara Duchen, vai receber melhorias na infraestrutura, como alteamento de parte da pista, no trecho que está alagado atualmente em razão das chuvas e por estar em área de ampliação da represa de Taiaçupeba, e recapeamento da via, por onde passam ônibus do transporte municipal, caminhões para escoamento da produção rural e também veículos de moradores da localidade.

Segundo Tagliavini, a obra já foi autorizada pelo governador João Doria e pelo secretário de Estado de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto. Neste momento, o edital de licitação é elaborado para que possa realizar a publicação e fazer o processo de concorrência. A expectativa é de dar início às obras o mais breve possível.

O chefe do Executivo suzanense, por sua vez, agradeceu a presteza e a agilidade do governo do Estado na elaboração do projeto e no andamento dos trâmites burocráticos necessários para chegada da fase de obras. Ashiuchi afirmou que no final do mês de fevereiro, técnicos do DER foram conhecer a situação in loco junto à prefeitura. Na oportunidade, foi feito o pedido para melhorias na infraestrutura da estrada (da Duchen).

Além das melhorias na estrada da Duchen, o prefeito também solicitou a recuperação da Estrada das Varinhas (SP-39) e de outras vicinais da cidade. Ashiuchi destacou que a SP-39 é uma importante artéria de escoamento de produtos hortifrutigranjeiros na região de Palmeiras e que por anos ficou sem a devida manutenção. O DER ficou com os pedidos e vai estudar o projeto de revitalização.