segunda-feira, 19 outubro 2020

Em Poá, Homem tenta matar família por causa de testemunho a favor de mulher agredida

Na última Terça-feira (26), uma família sofreu golpes de facão, após uma das vítimas testemunhar a favor de uma mulher vítima de violência doméstica. O suspeito é irmão de uma das vítimas. O ataque ocorreu no Bairro Cidade Kekel, em Poá.

Pela manhã, o suspeito invadiu o imóvel das vítimas. O homem tinha como objetivo, esfaquear a irmã, uma empregada doméstica, de 43 anos. A mulher teria testemunhado contra ele, em um inquérito de violência doméstica no qual envolvia a cunhada.

A ação do suspeito foi evitada por outro irmão da vítima. A mulher fugiu, porém, o suspeito foi atrás do filho da irmã, de 9 anos. O ato foi novamente evitado, desta vez o irmão mais velho da criança, de 19 anos, que impediu. O criminoso fugiu após ação.

Durante a tarde, desta terça-feira (26), o suspeito retornou a residência, carregando nas mãos uma chave de roda. Segundo o Boletim de Ocorrência (B.O), o homem tinha a intenção de atacar o sobrinho mais velho, que havia evitado o ataque a criança, porém, o pai da vítima evitou o ato.

Descontrolado, o suspeito entrou em um carro e bateu contra o portão do imóvel. O impacto da batida foi muito forte, que o cão de estimação da família foi esmagado. A batida deixou a mulher com ferimentos, que era a principal alvo do suspeito.

Segundo relatos da polícia, após a batida, o suspeito desceu com uma faca em mãos, com a intenção de golpear a irmã. O marido dela impediu o ataque, mas acabou sendo ferido nos braços. O outro irmão da empregada doméstica também ficou ferido, assim como o filho dela foi atingido na barriga.

Antes de fugir, o suspeito ameaçou retornar para assassinar a família: “eu vou voltar, eu vou por fogo e matar vocês todos”.

(Com Informações do Diário de Suzano)