segunda-feira, 26 outubro 2020

João Doria garante mudança do Ceagesp para novo local e Suzano tem grandes chances de receber a companhia

O Governador João Doria (PSDB) e o Presidente Jair Bolsonaro (PSL) se reuniram em Brasília nesta terça-feira (23) e definiram que a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) será transferida da União para o Governo de São Paulo e mudará de endereço até o final de 2020.

“Até o final do ano que vem ele estará em um novo endereço em uma área seis vezes maior que a área que ele hoje ocupa. Com isso vamos ter mais permissionários, uma condição melhor física e operacional. Este novo local será próximo a uma rodovia, o que permitirá uma ligação mais rápida e eficiente com o Porto de Santos e com as demais rodovias federais e estaduais”, disse Doria.

A Ceagesp será transferida do Ministério da Agricultura para a Secretaria Estadual da Agricultura e Abastecimento e o novo espaço será viabilizado por meio de recursos privados. O futuro endereço não foi anunciado ainda para evitar especulação imobiliária. No atual local do Centro será implantado o CITI (Centro Internacional de Tecnologia e Inovação), também em parceria com a iniciativa privada. “Será o Vale do Silício de São Paulo, com 650 mil metros quadrados de área dedicada à tecnologia”, explicou o Governador.

Suzano é candidata a receber a companhia

Em 2017, quando era prefeito da cidade de São Paulo, o governador João Doria deu sinal positivo para Suzano entrar na disputa pela instalação da Ceagesp, em audiência realizada com o deputado estadual Estevam Galvão (DEM).

Na oportunidade, o deputado apresentou a proposta de instalação do entreposto em Suzano, juntamente com o estudo elaborado pela empresa Contern, comprovando a viabilidade da obra. Na época foi bem avaliada por João Doria: “Fiquei bem impressionado com a qualidade da apresentação e com os modais que estão integrados a este sistema.”.

De acordo a proposta, a Ceagesp em Suzano seguirá o modelo do Benchmarking Rungis – maior mercado de alimentos do mundo, localizado na França. A unidade será instalada em uma área de 2,5 milhões m², na Estrada dos Fernandes, próxima ao aeroporto de Guarulhos e do Ferroanel e integrada ao Complexo Intermodal Viamar e Via Leste. “Será um local com acesso direto ao Rodoanel, próximo ao Porto de Santos, com infraestrutura para serviços e turismo, além de um Centro de Desenvolvimento Tecnológico na indústria de alimentos. É um projeto único, importante não só para Suzano e região, mas para o Estado de São Paulo e todo o País”, disse Estevam Galvão na oportunidade.

Desenvolvimento

Com a ida da Ceagesp para Suzano, a expectativa é que mais de 150 mil empregos diretos e indiretos sejam gerados, garantindo a retomada do crescimento econômico, geração de emprego e renda para toda a população suzanense e da região.

O local escolhido para abrigar a Ceagesp receberá mais de 50 mil pessoas, 12 mil veículos e 11 mil toneladas de alimentos frescos por dia. Atualmente localizada na Vila Leopoldina em São Paulo, a Ceagesp é o maior centro de abastecimento de frutas, legumes, verduras, flores e pescados da América Latina. Os produtos chegam de 1,5 mil municípios brasileiros e 18 países.