Metroviários anunciam que não haverá greve do Metrô de São Paulo nesta terça-feira (30)

O Sindicato dos Metroviários decidiu em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (29), em não paralisar as atividades do Metrô nesta terça-feira (30). As linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata poderiam ser paralisadas, o que não vai ocorrer.

Desde o começo do mês, funcionários usam coletes vermelhos nos trens e nas estações reivindicando aumento salarial. O Metrô ofereceu apenas a reposição da inflação nos salários e nos vales-alimentação e refeição, e o sindicato diz que isso não representa aumento salarial real. Além da inflação, a entidade pede mais 19,1% de gratificação.

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo também quer que a companhia:

– Equipare salários entre trabalhadores que exerçam a mesma função;

– Continue custeando 84% do plano de saúde (a empresa não quer renovar o acordo nessa porcentagem);

– Aceite negociar o valor que será pago este ano de participação nos resultados.

Essas reivindicações poderiam gerar a greve aguardada para esta terça-feira (30), mas, momentaneamente a categoria não vai realizar o ato.