Bolsonaro não participará de manifestações que serão realizadas por seus apoiadores no domingo (26)

O porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, informou que o presidente Jair Bolsonaro não vai participar das manifestações que acontecerão no próximo domingo (26) e aconselha os ministros a fazerem o mesmo.

O protesto tem sido organizado em defesa do governo e da reforma da Previdência. Além de ser uma resposta ao ato do último dia 15, contra bloqueio nos recursos para a Educação que acabou ganhando um tom contra a política do atual presidente.
Segundo informações da Reuters, o porta-voz divulgou que Bolsonaro fez o anúncio e a recomendação aos ministros durante reunião ministerial na manhã desta terça-feira (21).

O assunto tem causado divergência dentro do próprio PSL. Os filhos, Eduardo e Carlos Bolsonaro, ambos do mesmo partido, defendem as manifestações. Já a deputada Joice Hasselmann declarou que parlamentares não devem participar.

Movimentos tradicionais da direita como o MBL e o Vem para Rua também informaram que não apoiam os protestos.