Em menos de uma semana, aparelhos “chupa-cabra” são encontrados em diferentes caixas eletrônicos de Mogi

Na última segunda-feira (20), uma gerente de uma agência bancária, localizada na região central de Mogi das Cruzes encontrou um ‘chupa-cabra’ (aparelho para fraude, que permite a retirada de envelopes depositados na máquina) em um dos caixas eletrônicos da agência e denunciou o caso à Polícia.

A gerente contou à polícia que depois de descobrir o objeto abriu o terminal e percebeu a falta de dois envelopes depositados no dia 19 de maio nos valores de R$ 900 e R$ 1 mil.
Em seguida, a gerente examinou as imagens das câmeras do espaço e viu que dois homens abriram o caixa e retiraram os envelopes.

O caso foi registrado como furto a estabelecimento bancário no 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes.

Segundo caso em menos de uma semana

A gerente de outra agência bancária de Mogi das Cruzes já havia descoberto uma adulteração em um dos caixas eletrônicos do local na última quarta-feira (15). O caso também foi registrado como furto a banco no 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes.

Um bancário de 49 anos contou à polícia que a gerente da agência, que fica na Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, fez uma vistoria nos caixas eletrônicos da agência e, em um deles, encontrou um aparelho que impedia que depósitos fossem feitos na máquina.

Ao abrir o terminal ela sentiu falta de dois envelopes que foram depositados no dia 14 de maio nos valores de R$ 3 mil e R$ 1,2 mil.
Nas imagens do circuito interno, a gerente viu que por volta das 6h, dois homens abriram o terminal e retiraram os envelopes.

(com informações do site G1 – o site de notícias da Globo)