terça-feira, 20 outubro 2020

Trens da CPTM funcionarão normalmente nesta sexta-feira (14). Quatro linhas de Metrô entrarão em greve

Os três sindicatos que representam os ferroviários da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) não vão aderir a greve geral que será realizada nesta sexta-feira (14), contra a Reforma da Previdência que foi elaborada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.
A decisão foi tomada durante assembleias no começo desta noite de quinta-feira (13), todas as linhas funcionarão normalmente.

Na assembléia do Sindicato dos Metroviários de São Paulo foi aprovada a paralisação por 24 horas das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata a partir das 0h desta sexta-feira (14). As linhas 4-Amarela e 5-Lilás, controladas pela iniciativa privada, funcionarão normalmente.

Em Suzano

A Coopersuzan, responsável pelas vans do transporte complementar de Suzano garantiu através de suas redes sociais que circulará normalmente nesta sexta-feira (14), independente da greve geral, sem possibilidade de paralisação.
A Radial Transporte, responsável pelos ônibus do transporte público de Suzano diz que a circulação dos coletivos na cidade também será normal.

Ao contrário do que diz a empresa Radial Transporte, o Sindicato dos Rodoviários de Mogi das Cruzes e região afirma que os trabalhadores da empresa de ônibus que atua em Suzano participarão da greve geral nesta sexta-feira (14).

Empresas de ônibus de São Paulo

Em assembleia nesta quinta-feira (13), o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de São Paulo confirmaram a participação dos funcionários de empresas de ônibus de São Paulo na greve geral.

A paralisação, no entanto, deve ocorrer até as 6 horas da manhã. Ainda, nas garagens de ônibus, serão realizadas assembleias, das 5 às 6 horas.