sexta-feira, 4 dezembro 2020

Empresa de ônibus pede aumento na passagem de ônibus para R$ 4,85 em Itaquaquecetuba e Mamoru diz não

O prefeito de Itaquaquecetuba Mamoru Nakashima rejeitou na última semana, um pedido de reajuste de tarifa protocolado pela empresa Expresso Planalto, concessionária responsável pelo transporte urbano na cidade de Itaquaquecetuba.

De acordo com cálculo baseado na planilha da Agência Nacional de Transporte Público – ANTP, apresentado pela empresa, a proposta seria para um aumento de R$ 4,10 para R$ 4,85. A justificativa para o aumento, que não ocorre desde março de 2017 e já havia sido solicitada em outras ocasiões sem sucesso, seria o aumento de custos de operação, principalmente do diesel e pessoal além de outros itens como peças e outras despesas.

De acordo com prefeito, o valor solicitado é totalmente inviável.
“Uma tarifa de R$ 4,85 seria um impacto financeiro enorme para a população e que também deve ser rejeitado pelo Conselho Municipal de Transportes”, disse o prefeito.

O presidente do Conselho Municipal de Transportes (Comutran), Rosinaldo Castro, o Nando, disse que conversou com o prefeito sobre a inviabilidade do pedido feito pela empresa.
“Itaquaquecetuba não tem aumento de passagem desde 2017 e o Comutran está cobrando da empresa melhorias no atendimento e na frota”, comentou Nando.