A inauguração da Avenida das Orquídeas, que acontecerá neste sábado (13), a partir das 10:30, complementará o Corredor Leste-Oeste e permitirá a ligação entre o município de Mogi das Cruzes, com Suzano e o Rodoanel, além de estimular o desenvolvimento econômico daquela cidade.
A nova via facilitará o deslocamento de carros de passeio, ônibus e caminhões entre o centro de Mogi das Cruzes e os distritos de Braz Cubas e Jundiapeba, funcionando como uma alternativa à rodovia SP-66, que está saturada por conta do crescimento da frota de automóveis e motos.

A Avenida das Orquídeas é a última etapa do Corredor Leste-Oeste, além da mais complexa, pois incluiu a construção de uma nova avenida, com 3,5 km de extensão, em uma grande área entre os distritos de Braz Cubas e Jundiapeba. A avenida liga a Avenida David Bobrow até a Avenida Guilherme George. São duas pistas, canteiro central, ciclovia e calçada.

Foram construídas duas novas pontes (uma sobre o rio Jundiaí e outra sobre o córrego dos Canudos), além de três rotatórias. A obra segue o padrão das novas obras viárias da Prefeitura, priorizando a segurança dos pedestres e motoristas.

A nova avenida recebeu iluminação em LED, o que significa menor consumo de energia e maior luminosidade. As novas luminárias facilitam o trabalho da polícia e aumentam a segurança. Todas as entradas e saídas de Mogi das Cruzes estão recebendo este modelo de lâmpada (Mogi-Suzano, Mogi-Dutra, Mogi-Guararema, Mogi-Salesópolis e Mogi-Bertioga).

Corredor finalizado

Com a inauguração da Avenida das Orquídeas, o Corredor Leste-Oeste ficará completo. No total, o corredor possui 10,5 quilômetros de extensão e investimento de R$ 100,8 milhões. Foi dividido em etapas, que tiveram início em 2016. A primeira foi a recuperação da Avenida Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar, na Vila Industrial, que ganhou pavimentação, pintura e novos equipamentos de sinalização. Foi entregue em dezembro de 2016 e garantiu uma nova opção de transporte de insumos e produtos para as empresas situadas na região.

Paralelamente, outra frente de trabalho ocorreu na avenida Guilherme George, que liga a região central de Jundiapeba até a divisa com Suzano, permitindo a ligação com o Rodoanel. A avenida foi duplicada, ganhou uma nova pista até a divisa com a cidade vizinha, além de guias, sarjetas e retorno para os veículos, bem como uma ponte sobre o rio Taiaçupeba. Foi concluída em 2017.

A terceira etapa foi a pavimentação da Avenida Cavalheiro Nami Jafet, que incluiu a a implantação de uma rotatória no cruzamento com a avenida Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar e implantação de binário ligando esta avenida até o terminal central de ônibus municipal. Finalizada em 2018, garantiu um acesso mais seguro e moderno aos caminhões que vêm pela Mogi-Dutra em direção às empresas localizadas na avenida Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar.

(com informações da Prefeitura de Mogi das Cruzes / Imagens: Ney Sarmento/Prefeitura de Mogi das Cruzes)

COMPARTILHAR