terça-feira, 24 novembro 2020

Após assalto, motorista de aplicativo fica preso por mais de 14 horas em porta-malas de veículo em Mogi das Cruzes

Após um assalto, um motorista de transporte por aplicativo ficou por mais de 14 horas dentro do porta-malas de um carro em Mogi das Cruzes, com mãos e pernas amarrados.
O homem foi sequestrado na noite da última quinta-feira (15) no bairro do Brooklin, em São Paulo, e só foi libertado no final da manhã desta sexta-feira (16), em Mogi das Cruzes, após a chegada da Polícia.

Segundo a Polícia Militar, a corporação recebeu um chamado de que um homem estava preso dentro do porta-malas de um carro, no distrito de Jundiapeba, pedindo por socorro.
No local, a equipe precisou estourar o vidro do lado do motorista para destravar o porta-malas, para fazer o resgate do motorista.

A vítima disse que os três homens pediram uma viagem pelo aplicativo, e quando já estavam no veículo anunciaram o assalto. Na sequência, colocaram a vítima dentro do porta-malas.

Ele contou ainda que os criminosos tomaram vários sentidos com o carro e que não sabia onde havia parado.
Os criminosos fugiram levando o celular, chave do carro e R$ 100 da vítima.

Ainda de acordo com a polícia, o homem não apresentava ferimentos pelo corpo.
O caso foi registrado no 4º DP de Mogi das Cruzes.

(com informações do G1 – o site de notícias da Globo / Imagem: Polícia Militar)