terça-feira, 27 outubro 2020

Ônibus da banda Rosa de Saron atropela e mata romeiro na Rodovia Presidente Dutra, em Aparecida neste sábado (28)

O romeiro Manuel Santos dos Anjos de 47 anos que seguia para o Santuário de Aparecida (SP) morreu atropelado por um ônibus de uma banda católica na manhã deste sábado (28) no quilômetro 75 da Via Dutra. Outros dois homens que faziam a peregrinação com ele não foram atingidos.
Os integrantes da banda Rosa de Saron estavam no coletivo, mas não ficaram feridos. O ônibus saiu de Campinas (SP) e seguia para o Rio de Janeiro, segundo assessoria.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os três caminhavam pelo acostamento da pista sentido RJ, no trecho de Aparecida, quando o ônibus perdeu o controle e invadiu o trecho em que estavam.
O homem de 47 anos era de São José dos Campos (SP) e morreu no local.

Segundo Cristina Silva, esposa da vítima, era a primeira vez que Manuel fazia uma peregrinação até a Basílica de Aparecida. O corpo do romeiro será velado a partir das 18 horas no velório municipal de São José dos Campos, cidade em que morava.

“Ele queria vir a pé e não tinha vaga no grupo da igreja. Ele insistiu, até que na quinta uma pessoa desistiu e ele veio”, disse.
Manuel tinha 47 anos e trabalhava como ajudante geral. Devoto da santa, ele saiu a pé de São José na tarde de sexta-feira (27) para agradecer pelo resultado de uma cirurgia.
Além da mulher, ele deixa três filhos, de 16, 20 e 26 anos.

Por meio das redes sociais, os integrantes da banda Rosa de Saron publicaram uma nota lamentando a morte.

“Nesse acidente, tragicamente uma pessoa que caminhava nas margens da rodovia foi atingida e infelizmente não resistiu”, diz a nota. “Abalados, mas com o coração em Deus, pedimos a todos que se unam a nós em orações pela família da vítima, a qual abraçamos com nosso luto e pesar”. A banda aproveitou a nota para anunciar que cancelou a apresentação que fariam em Macaé, em respeito ao romeiro.

(com informações do G1 – o site de notícias da Globo e da Empresa Brasil de Comunicação/EBC)