quarta-feira, 25 novembro 2020

Candido pode surpreender e lançar cirurgiã-dentista Célia Bortoletto a prefeita de Suzano em 2020 pelo PDT

O ex-prefeito de Suzano Marcelo Candido (PDT), candidato a governador no pleito eleitoral de 2018, poderá surpreender o meio político suzanense em breve.
Uma fonte do site SuzanoHoje.com ligada ao diretório municipal do Partido Democrático Trabalhista revelou que o ex-prefeito teria a intenção de lançar a cirurgiã-dentista Célia Bortoletto ao cargo de prefeita de Suzano em 2020, pela própria sigla.

A suposta intenção de Candido em lançar a cirurgiãdentista ao cargo de prefeita teria surgido após uma aproximação do governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) com o grupo político do Deputado Estadual e ex-prefeito de Suzano Estevam Galvão (DEM).
Atualmente, o PDT compõe a base de apoio ao governo suzanense. Walmir Pinto, filiado ao partido, é vice-prefeito da cidade.

Candidato a reeleição em 2020, Ashiuchi poderá ter um candidato a vice-prefeito indicado pelo grupo de Estevam Galvão, “desabrigando” o PDT da função.
As possibilidades de uma concreta aproximação entre governo e Estevam Galvão fizeram que Candido tivesse iniciado uma articulação na cidade em torno do nome de Célia Bortoletto.

Célia Bortoletto é formada em odontologia pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), especializou-se em Saúde Pública pela Faculdade São Camilo, e formou-se em direito como segunda graduação, pela Universidade Braz Cubas (UBC).

Iniciou sua vida pública como diretora dos distritos do Itaim Paulista e da Cidade Tiradentes, em São Paulo, na gestão de Marta Suplicy (PT).
Na Prefeitura de Suzano, Célia foi secretária-adjunta de Luiz Camparis Jr na secretaria de saúde do município até setembro de 2005.
Com a saída de Camparis, Célia assumiu a pasta da saúde e ficou no cargo até o final da gestão Candido em 2012.

Célia foi indicada por Marcelo Candido para sua sucessão e participou das prévias no Partido dos Trabalhadores para ser lançada pelo partido ao cargo de prefeita em 2012, mas, perdeu o pleito para Valdicir Stuani que foi o candidato do partido naquele ano.
Após deixar a Prefeitura de Suzano em 2012, Célia foi secretária da saúde do município de Mauá e secretária-adjunta de saúde de São Paulo na gestão de Fernando Haddad (PT).