De uma vez só, prefeito de Poá manda cortar 40% do próprio salário, do vice-prefeito e dos secretários

Na noite da última quarta-feira (13), através de um vídeo divulgado nas redes sociais, o prefeito de Poá Gian Lopes (PL) surpreendeu e anunciou a redução de 40% do próprio salário e também da remuneração do vice-prefeito Marcos Ribeiro da Costa, o Marquinhos Indaiá (PDT), e dos secretários municipais.

Segundo Gian Lopes, a medida vai gerar uma economia de R$ 24 milhões em dez anos, que será investido nas áreas da educação, saúde e segurança.
O presidente da Câmara de Vereadores David de Araújo Campos, o Tio Deivão (PR) também participou do vídeo ao lado do prefeito de Poá.

A medida é uma clara ação de Gian Lopes para tentar melhorar sua popularidade perante a população da cidade de Poá. Atualmente, o prefeito de Poá é duramente criticado pela população e até por outros políticos do município nas redes sociais.