quarta-feira, 8 julho 2020

Presidente Jair Bolsonaro não deverá ter ou apoiar candidato a prefeito em Suzano nas eleições deste ano

O presidente Jair Bolsonaro e seu grupo político não deverão ter ou apoiar nenhum candidato a prefeito de Suzano nas eleições deste ano.
Um grupo político da cidade que até então era apontado como “representante” de Bolsonaro em Suzano perdeu forças junto a equipe do presidente, após atritos com lideranças no estado de São Paulo.

O maior atrito envolveu o suzanense Alexandre de Andrade Junqueira, o Carioca de Suzano, e Gil Diniz, deputado estadual e um dos líderes do grupo do presidente Jair Bolsonaro no estado de São Paulo.
Carioca, líder do grupo que representava Bolsonaro em Suzano e que é ex-assessor de Gil Diniz, denunciou à Procuradoria-Geral de Justiça um suposto esquema de “rachadinha” no gabinete do deputado estadual. Desde então, ambos trocam farpas na internet.

Os atritos de Carioca com Gil Diniz teriam acabado com a possibilidade de alguém deste grupo suzanense receber apoio de Bolsonaro nas eleições municipais, segundo fontes.