terça-feira, 7 julho 2020

Estudante cria grupo em aplicativo de mensagem para “planejar” um suposto ataque contra criança em escola de Suzano. Faca foi encontrada em mochila

Uma criança de 9 anos, estudante de uma escola localizada no Jardim Luella em Suzano, teria criado um grupo no aplicativo de mensagens Whatsapp e colocado outros três alunos para “planejar” um suposto ataque contra uma criança, após não gostar de uma brincadeira.
A mãe de um dos integrantes do grupo descobriu o plano e foi até a escola.

A própria estudante que havia criado o grupo no Whatsapp foi surpreendida na escola que estuda portando uma faca na mochila, na tarde da última quarta-feira (19).
A menina não soube explicar, com exatidão, o motivo de estar com a faca.

A Ronda Escolar e o Conselho Tutelar foram acionados e um Boletim de Ocorrência foi registrado.
Em nota, reproduzida pelo jornal Diário de Suzano, a Secretaria Estadual de Educação informou que, no momento em que a direção da escola descobriu o fato, chamou os responsáveis pela aluna.

A mãe do garoto que seria vítima do suposto ataque falou que vai transferir a criança para outra escola.
Uma reunião será realizada na escola para definir as medidas pedagógicas que serão adotadas.

(com informações do Diário de Suzano/Daniel Marques)