sexta-feira, 30 outubro 2020

Prefeito de Poá suspende aulas, atividades e shows do aniversário da cidade

Foi confirmado pelo prefeito de Poá, Gian Lopes, que após reuniões com prefeitos da região e secretários municipais, quais serão as medidas de enfrentamento ao novo Coronavírus. Ocorrerá a interrupção gradual das aulas da Rede Municipal de Ensino, o cancelamento de eventos públicos, a suspensão das férias de funcionários da Rede Municipal da Saúde e da Segurança.

As aulas em toda a rede (creches e escolas) serão gradualmente suspensas a partir de hoje, terça-feira (17). As faltas serão abonadas e não haverá prejuízo de conteúdo. A partir do dia 23 (segunda-feira) ocorrerá a suspensão total.
Todas as aulas esportivas e atividades recreativas em espaços públicos, como no caso do Cantinho da Melhor Idade, serão suspensas.

Eventos que já haviam sido previamente cancelados: A atividade que aconteceria na sexta-feira (13), com uma ação preventiva na Avenida Antônio Massa com praticantes de caminhada e corrida e a capacitação do projeto “Ela Pode”, que seria realizada no sábado (14), no Cantinho da Melhor Idade (Alameda Pedro Calil, 100, Centro). A ação do dia 18/03, na Praça da Bíblia, em celebração ao Dia Internacional do Consumidor, também está cancelada.

A agenda festiva em comemoração ao aniversário de 71 anos de emancipação político-administrativa de Poá também foi cancelada, assim como informou o prefeito Gian Lopes.

Veja o que mais foi definido nas reuniões:
– A Secretaria de Educação vai atender as crianças em situação de vulnerabilidade social que precisam da alimentação escolar e assim as mesmas não serão prejudicadas com a suspensão das aulas.
– As pessoas devem procurar o Hospital Guido Guida somente em casos graves.
– Será reordenado o atendimento nas unidades básicas.
– Se sugere que os idosos não retirarem medicamentos nas unidades de saúde e solicitem que outras pessoas façam a retirada.
– Solicita-se que a população tenha consciência e não utilize as praças. Todas as atividades em grupos devem ser canceladas.
– Os servidores públicos municipais com mais de 60 anos devem trabalhar de casa, exceto os da Saúde e Segurança
– Orientação de que as pessoas só procurem o Paço Municipal para assuntos extremamente necessários.