Prefeitura de Suzano lança projeto para estimular confecção de milhares de máscaras

A Prefeitura de Suzano, através do Fundo Social de Solidariedade de Suzano, em parceria com o Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) e a Secretaria Municipal de Saúde, abre nesta quarta-feira (08), a partir do meio-dia, as inscrições para o projeto “Confecção e Oferta de Máscaras”, voltado aos costureiros da cidade que possuem a habilidade e o interesse em produzir máscaras de proteção contra o novo coronavírus (Covid-19).

A iniciativa, que está sendo elaborada pelo órgão social há pelo menos uma semana, tem o intuito de apoiar os profissionais do ramo que estão desempregados, sobretudo aqueles que se formaram no curso de Costura do Saspe, e movimentar a economia. Para participar, os interessados devem preencher o formulário de inscrição disponível em bit.ly/ConfecçãoDeMáscaras.

De acordo com a presidente do Fundo Social e também dirigente do Saspe, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, cada costureiro receberá um kit de material, composto de tecido, elástico e linha, para confeccionar até 2 mil unidades de máscaras.

Após o final da produção, uma equipe será enviada para retirar as peças na casa de cada participante, que deverá agendar a visita do órgão social por telefone. “Posteriormente, será realizada a computação do serviço e o repasse de uma ajuda de custo ao profissional, em até cinco dias úteis após confirmação da confecção das máscaras”, explicou Larissa.

O modelo das máscaras segue o manual divulgado pelo Ministério da Saúde, divulgada na última quinta-feira (02) pelo governo federal.

Os costureiros terão um prazo de 30 dias para a conclusão do serviço. “À medida que os participantes terminarem as peças, a prefeitura vai realizar a distribuição à população em pontos estratégicos do município”, completou a presidente.

Mais informações com o Fundo Social de Solidariedade pelo telefone (11) 4745-2195.

Divulgação